A música como refúgio e o silêncio como companheiro.

.

O desafio de servir à sociedade


A vocação para o ofício do serviço público consiste na propensão para desempenhar funções em favor da promoção do bem estar social.

Essa inclinação, esse chamado interior que envolve satisfação pessoal, nem sempre é ponderado quando da decisão de ingressar em uma carreira pública, tampouco o interessado costuma avaliar se tem talento para fazer parte dos quadros do serviço público - qualidade reconhecidamente almejada em diversas áreas profissionais.

É certo que toda instituição pública conta com inúmeros talentos entre seus servidores e outros tantos com vocação para servir. Entretanto, cabe ao agente público desenvolver as aptidões requeridas para desempenho das atribuições do cargo e à administração adequar todo o conjunto de seus recursos humanos para a realização dos propósitos institucionais.

Um ponto essencial a ponderar para a experiência de servir com excelência é o autoconhecimento: faz-se necessário que cada servidor identifique seus pontos fortes e aqueles que precisam ser fortalecidos. A instituição beneficia-se desse conhecimento, ao mesmo tempo em que promove possibilidades de aprimoramento integral por meio de seus programas anuais de educação corporativa.

Aliar aos anseios da população a satisfação pessoal no exercício de suas funções e o comprometimento com os preceitos éticos e legais, enquanto executa com eficiência suas atribuições, pode constituir-se na maior conquista de um servidor público.